Loading...

A Páscoa do concreto

0 comments
abr 01 2018

Imagine a nova moda: merengues com concreto?… Sim, essa pode ser a ‘Páscoa do futuro’!

Nada como uma tradição para fixar uma novidade na mente das pessoas: pois a designer, ourives e patissier Kia Utzon-Frank, atualmente com estúdio aberto em Londres, reuniu suas paixões e criou uma série de ‘flødebollers – doce típico da Dinamarca que pode ser traduzido como ‘bola de neve‘ – inspirados na arquitetura brutalista do Barbican Center – gigantesco complexo cultural e habitacional da cidade, amado por uns, odiado por outros, justamente por seu aspecto que não passa despercebido – mas também por e sua importância na ‘City‘, o centro nervoso da capital inglesa.

Com capinha “craquelada” e cinza, ainda mais parecida com o material.

De acordo com a receita tradicional dinamarquesa do ‘flødeboller‘, Kia criou meias esferas recheadas com suaves merengues italianos – com massa fina de marzipã – envoltas em capinhas com aspecto de concreto, que nada mais é que chocolate preto com muitas misturas interessantes, tais como com o próprio chocolate branco, com corantes naturais e com ingredientes moídos, tais como carvão, gergelim preto e flocos de arroz para dar o aspecto da pedra do monumento arquitetônico. Segundo a designer “a superfície de concreto do Barbican foi cinzelada à mão para obter o seu aspecto, o que é absolutamente insensível e totalmente insano, de modo que imitar superfícies de concreto era, para mim, a abordagem natural“.

Uma meia lua de marzipã recoberta por… concreto?

Apesar do tradicional formato de meia esfera, Kia também os fez em outras formas geométricas, como cubos e pirâmides, além de superfícies com variedade de texturas e desenhos, inclusive uma estampa de mármore, outra de pedra e algumas de concreto, ressaltando o contraste entre a aparência de dureza com seu interior, sempre muito macio, descoberto depois da primeira mordida. “Fazer o flødeboller que parece pedra não é normalmente o que faço, mas com pais arquitetos e avós e bisavós escultores, criar sobremesas escultóricas e arquitetônicas aconteceu de forma natural para mim“, completa a designer.

Mas o flødeboller também pode ser feito em outros formatos, como o cubo – só a superfície é que continua parecendo de concreto! Em seu estúdio, Kia cria uma grande variedade de produtos: de cortinas de janela patenteadas a joias e celulares, passando por bolos esculturais.

Em seu estúdio, Kia cria uma grande variedade de produtos: de cortinas de janela patenteadas a joias e celulares, passando por bolos esculturais marmorizados. A ideia deste doce veio depois de ter passado por algumas aulas de engenharia de papel de inspiração brutalista no centro de artes do Barbican, o que aproximou a designer da ideia de fazer sobremesas e projetos comestíveis inspirados na arquitetura brutalista. Infelizmente no momento os flødebollers não podem ser comprados em qualquer lugar: a única maneira de adquirir alguns é aprender a fazer o seu próprio nas masterclasses de Kia na loja da KitchenAid, na Central London. Já pensou se a moda pega, e começarmos a ter ovos, barras de chocolate e outros vários tipos de guloseimas com jeitinho de concreto? A Páscoa vai ficar muito diferente…

Fonte: Dezeen