Loading...

Arte com tijolinhos

0 comments
ago 18 2014
O trabalho do artista holandês Boris Tellegen sobre a empena de um dos prédios do condomínio projetado pelo escritório Heren 5.
O trabalho do artista holandês Boris Tellegen sobre a empena de um dos prédios do condomínio projetado pelo escritório Heren 5.

Utilizar tijolinhos nas fachadas de prédios e residências já é praticamente um clichê em arquitetura. Mas, como sempre se inova, alguns artistas plásticos começaram a ver
em fachadas ou empenas de construções, espaços para receber a sua arte – inclusive a que é feita com tijolinhos. De um modo geral são aplicados padrões geométricos, mas
completamente diferentes de um revestimento que se faria normalmente. Uma das construções que já recebeu este tipo de trabalho em suas faces externas foi um
condomínio localizado na cidade de Haarlem, na Holanda.

Vista de um dos prédios, do lado externo do condomínio., com aplicação do trabalho de arte sobre a escada interna.
Vista de um dos prédios, do lado externo do condomínio., com aplicação do trabalho de arte sobre a escada interna.

O escritório de arquitetura Heren 5 autorizou e deu o suporte necessário ao artista Boris Tellegen a integrar seu trabalho – que ocuparia sete andares de um edifício – em
uma das fachadas de tal condomínio. Como é comum fora do país, Tellegen não é totalmente leigo em arquitetura: estudou a matéria, aliada ao design, na década de 1980,
depois de ter sido “grafiteiro” na adolescência.

 

A vista do outro lado.
A vista do outro lado.

Foram utilizados tijolos nas cores amarelo, cinza e azul esverdeado para criar o trabalho. Os arquitetos e o artista plástico desenvolveram um padrão baseado em desenhos
isométricos de torres, que posteriormente foi desenvolvido em meio digital para melhor visualização. Após este trabalho, dois pedreiros trabalharam durante três meses
para que o painel ficasse pronto. É bem interessante a “marca” deixada pela arte no condomínio, diferenciando-o dos demais.

 

Fonte: Dezeen