Loading...

Concreto suspenso

0 comments
out 01 2013
Imponentes, as duas caixas onde se localiza o laboratório espanhol Biokilab, por vezes, parecem flutuar sobre o terreno.

Duas caixas flutuantes em concreto: é este o resumo do que se pode dizer, do ponto de vista arquitetônico, sobre o projeto dos espanhóis Javier Pérez Herreras e Javier Quintana De Uña para os laboratórios Biokilab, localizado na pequena cidade de Álava, no norte da Espanha. Os profissionais do escritório Taller Básico criaram espaços retos, de apenas um andar, apoiados sobre uma estrutura metálica de aparência delicada e colorida que, sob alguns pontos de vista, desaparece, deixando as “caixas” que abrigam o laboratório, “flutuando no ar”.

Um visual do interior: totalmente minimal.

A construção foi praticamente toda feita em concreto, e faz parte do chamado “Parque Tecnológico de Vitoria”, na região do País Basco. A ideia da “flutuação” tem a ver com a vontade dos arquitetos de interferirem o mínimo possível na paisagem e foi certeira. Cada volume tem lados de doze ou treze metros com vigas horizontais que complementam o sistema estrutural, indicado para a inclinação do terreno. A separação dos volumes e sua suspensão do solo permitem uma circulação de ar suficientemente abundante de modo a reduzir o calor nos espaços internos. Quase um toque de mágica!

Mais um visual da construção.

Fonte:  Arkpad