Loading...

Cozinhas atuais

0 comments
mar 22 2013
Iluminação especial, ilha central com banquinhos, um estar com mesa e cadeiras e fogões, fornos, coifas, tudo nos lugares: a cozinha gourmet chegou.

Um dos ambientes que mais cresceu em importância nos últimos anos foram as cozinhas, todos já sabem. De antigos ambientes fechados e relegados a segundo plano, onde só os donos da casa e os empregados tinham acesso, as cozinhas cresceram, aparecereram e ficaram muito, muito mais bonitas! Grande parte deste movimento vem justamente de onde não esperava: restritos a apartamentos cada vez menores, os proprietários destes pequenos espaços abriram as cozinhas para a sala – no que se conhece pelo nome de “cozinha americana”, já que é a mais comum naquele país – e mostraram que preparar um simples sanduíche mantendo a conversa com quem está na sala era muito agradável. Deste momento em diante, “cozinhas americanas” passaram a ser um “must” em apartamentos pequenos.

Integração total com o living, que fica à direita da imagem: eletrodomésticos em inox, armários em branco, grande bancada com ilha central e banquetas para se conversar enquanto se prepara a refeição.

Mas a tendência ser ramificou também para apartamentos e casas maiores: a valorização da casa enquanto espaço de convívio com amigos levou ao advento da “cozinha gourmet”, que possui de um tudo para se preparar os pratos mais elaborados e que comporta dentro de seu espaço os convivas, de modo que possam assistir ao desembaraço de seu amigo de anos, convertido em novo “gourmet”, diante de pratos, panelas e fogões.

Novos materiais também entram em evidência: o adesivo da parede de fundo foi feito sob medida!

São inúmeras as formas de integração desse novo espaço com a sala ou o living logo ali ao lado. Também conjugadas às salas de jantar, são quase um sonho de consumo de quem deseja ter casa neste momento. Da coifa mais incrementada à geladeira mais inesperada – instalada em um armário ou em um gavetão – passando por todas as “tralhas” de cozinha a mesas que se agregam à cuba principal, acompanhadas por banquinhos ou cadeiras super cheias de bossa, este passou a ser definivamente um ambiente de convívio.

A epítome da cozinha bem integrada: toda em branco, é aberta para a sala de jantar e para o estar (note a TV na parede de fundo, com poltronas por perto), que ficaram mais estreitas para dar espaço às duas bancadas da cozinha.

Nas imagens selecionadas você pode ver algumas cozinhas bem integradas aos ambientes próximos ou até mesmo o contrário: a integração das salas de estar, livings e salas de jantar às novas cozinhas. O movimento é de transparência e diversão. Mostrar que não se é nenhum “expert” e pedir ajuda aos amigos no preparo de algo para saborear juntos dentro de sua bela cozinha também é válido. O importante é se divertir.