Loading...

Lareiras para o inverno

0 comments
jun 09 2019
PLareira2

A clássica lareira de tijolinhos com lenha e chaminé é um sonho nos trópicos. Atualmente ela pode aparecer em releituras no décor.

Quem nunca pensou em ter aquela casa com lareira como nos filmes que se passam nas cidades frias do hemisfério norte? Deve ser uma maravilha no tempo frio, não é? Só que na maior parte de nosso país essas temperaturas ficam por apenas alguns dias ou semanas, no máximo, e não justificam uma lareira feita de tijolos e com chaminé como nos países de clima frio mesmo. Mas o sonho de curtir o calor do aquecimento tornou-se possível com o aparecimento das lareiras que não utilizam lenha como combustível, mas que funcionam como se fossem reais. Vamos falar um pouco sobre elas.

PLareira5

O sonho da lareira do jeitinho que é no norte do globo pode ser realizado com o tipo elétrico.

São três tipos básicos: as ecológicas que funcionam com álcool ou etanol, as a gás e as elétricas. As ecológicas também são chamadas de portáteis pois podem ser levadas a qualquer canto das residências e podem ser usadas dentro de casa sem a coifa de respiro. Como não queimam oxigênio e, assim, não produzem gás carbônico, esses modelos dispensam o uso de lenha e respeitam o meio ambiente. Diferente das lareiras tradicionais, as versões ecológicas são compostas por uma parede dupla de aço inox revestida com manta cerâmica. Esse revestimento é responsável por absorver o álcool de cereal (ou biofluido), o que permite que a lareira permaneça acesa de uma a seis horas, de acordo com seu tamanho.

PLareira4

Lareira ecológica suspensa em grande estilo.

Essas lareiras têm uso bastante prático e contam com um mecanismo de acendimento simples: basta encostar uma chama no biofluido que é despejado diretamente dentro do queimador. Para extinguir o fogo, é só recolocar a tampa. Sustentável, o biofluido pode ser reutilizado até o fim. Sua combustão não gera fumaça nem odor. O mecanismo portátil permite que a lareira seja facilmente instalada em qualquer ambiente, dispensando qualquer tipo de instalação. No caso de modelos embutidos, é necessário a construção de um nicho para encaixe das peças, que pode ser feito de marcenaria, mármore ou até mesmo de seixos e pedriscos. É o modelo mais versátil por ter uma potência mediana de geração de calor, o que a torna ideal para espaços maiores. Seu acendimento é rápido e prático e não gera nenhuma sujeira. A desvantagem é que ela não possui um abastecimento contínuo como a lareira a gás, por exemplo. As lareiras ecológicas possuem capacidade para aproximadamente 6 litros de álcool, e quando ele acaba, o reservatório precisa ser reabastecido.

PLareira3

Uma lareira a gás com todo o charme.

As lareiras a gás são modelos que também dispensam o uso de dutos de exaustão, mas necessitam da instalação do duto de gás. Existem dois modelos para esse tipo de lareira. Um deles é o linear, que vem com pedras vulcânicas colocadas sobre os queimadores. Essas pedras retêm o calor sobre o equipamento, mantendo a temperatura do ambiente por muito mais tempo. O outro modelo é o que usa lenhas de cerâmica refratária, que possuem um ótimo rendimento térmico. Esse modelo já vem com uma grelha que pode ser apoiada sobre qualquer superfície. Uma das principais vantagens está no seu acionamento, que se dá apenas com a simples ativação de um botão. Outra vantagem é que as instalações de gás natural propiciam que esse modelo possa ser instalado em quase qualquer lugar da casa. As lareiras à gás são uma solução saudável e limpa pois não há emissão de fuligem e fumaça. A maior desvantagem dessas lareiras é relacionada à fonte de abastecimento, pois em caso de falta do gás, a lareira não pode ser utilizada.

PLareira1

Lareiras elétricas reproduzem bem o visual de lareiras com lenha.

O terceiro tipo são as lareiras elétricas, muito similares a um aquecedor, com um diferencial: reproduzem em 3D a imagem das labaredas, proporcionando um conforto visual semelhante ao do fogo. São de fácil acionamento, bastando acionar um botão no controle remoto sem nem sair do sofá. Não requer limpeza interna e o brilho das chamas também pode ser controlados pelo controle remoto. A desvantagem é em relação ao consumo de energia: quanto maior a potência, maior será seu consumo.

PLareira6

A lareira a gás fica ótima em contraste com revestimentos em concreto.

As lareiras ficam lindas em qualquer ambiente e podem ser usadas em diferentes cômodos da casa. Não existe uma lareira ideal para cada ambiente e, por isso, o modelo pode ser escolhido de acordo com seu gosto pessoal. Porém, a escolha deve ser pensada levando em conta um conjunto de características do local que vai receber a lareira: por exemplo, em um apartamento, deve haver passagem para o duto do gás desse tipo de lareira, o que já restringe seu uso. Já as lareiras elétricas ou ecológicas podem ser utilizadas em praticamente qualquer lugar. Existem medidas mínimas de segurança a serem aplicadas, por isso analise o manual de instalação do produto, inclusive para saber qual o tipo de instalação a ser realizada. Mas lembre-se sempre: para garantir a compra ou construção de um produto de qualidade, é importante ficar atento aos mecanismos de segurança oferecidos pelo fornecedor e o prazo de garantia da lareira.