Loading...

Linha Brique – Brique 10

0 comments
maio 17 2018
BR101

Brique 10 e Brique 10 Finito, para dar bom acabamento e tom “Puro“: um dos mais queridos de nossa coleção

Inspirado nos tijolos coloniais que sempre estiveram presentes em nossas construções – e no (bom) gosto dos brasileiros – e também no visual retrô tão em voga na atualidade em todo o mundo, os produtos com aparência de “tijolinhos” sempre foram os de maior destaque em nossa coleção. Falar sobre o “Brique 10” é mostrar como um visual pode cativar tanta gente, desde a fabricação ao uso final.

BR102

As oito cores hoje disponíveis. Outras tonalidades podem ser encomendadas.

A palavra “Brique” significa “tijolo” em francês e por aí começa nossa história. Buscamos por uma releitura atual com um toque propositalmente desgastado e aspecto de outra época para a linha. Algo que lembrasse o que passou, mas que fosse dinâmico, contemporâneo, para uso neste momento tão complexo em nosso país e em todo o mundo. Mas que trouxesse conforto, aconchego e “jeito de casa”. E, ao que parece, conseguimos. Indicado para interiores e exteriores, o Brique aparece em diversos espaços residenciais: de salas, livings, estares até quartos de bebês muito elegantes, passando por suítes, home theaters, home offices, banheiros, cozinhas, áreas gourmets, e um longo etc. Não há lugar em que não se use o Brique 10 em qualquer de suas tonalidades, que são oito hoje, mas que (prepare-se!), podem vir a ser muitas mais: “puro” (a tonalidade base, que todos procuram),”terracota” (um pouco mais clara, mais amarelada), “areia” (um toque de creme), “neve” (bem branquinho), “grafitto” (um cinza dos mais interessantes), “black” (o preto de verdade), “puro carvão” e “terracota carvão” (com parte das peças “chamuscadas”, como se tivessem passado por um forno).

BR105

Na sala de jantar da arquiteta Marília Zimmermann o tom “Neve” do “Brique 10” ficou ‘poderoso’…

Mas o Brique vai longe: tanto pode revestir fachadas de casas e edifícios quanto interiores de escritórios e espaços comerciais. No exterior é bastante comum utilizá-lo como revestimento externo de prédios inteiros e até como parte de grandes áreas urbanísticas: basta especificar.

BR104

Na “Barbearia Don Juan” na cidade de Caxias, Rio de Janeiro, o arquiteto Marcos Soares deu o tom vintage com o “Brique 10” em “Terracota Carvão” e muita memorabilia.

É importante frisar que o Brique 10 é um produto artesanal, bastante valorizado, e que, portanto, tanto o acabamento varia quanto seu tamanho e tonalidade. É o que dá aquele charme especial que todos procuram. Mas o normal é que o tamanho de cada peça seja de cerca de 21 centímetros de comprimento por 6,5 centímetros de altura por 1,2 centímetros de espessura, variando até 1,5 cm. E temos também a peça de acabamento, chamado Brique 10 Finito, que nada mais é que a peça pronta para finalizar paredes, quinas e cantos, um pouco maior, com 30 centímetros de comprimento, mesma altura e espessura. A caixa vem com cerca de 0,50 metro quadrado, o que equivale a 32 peças, aproximadamente.

BR103

O “Brique 10” em tom “Terracota” ficou super adequado no “Espaço Gourmet” projetado pela arquiteta Lorenza Girardi.

Após o assentamento do produto, é aconselhável rejuntá-lo, e para isso existem algumas tonalidades interessantes – você obtém instruções a respeito em folheto em nosso site. A impermeabilização também é obrigatória utilizando hidrofugante à base de água ou silicone para concreto aparente e/ou tijolo à vista.

BR106

Impressionante como esse revestimento, especialmente na cor “Neve“, fica adequado para quartos infantis: que o diga a arquiteta Vanessa Araújo que confirmou o fato utilizando o “Brique 10” neste seu projeto.

Tendência das mais confirmadas na decoração de interiores em nosso país nos últimos anos, o Brique 10 deixou de estar restrito a lofts e moradas de estilo alternativo para passar a ser um dos revestimentos mais queridos pelas famílias brasileiras: das mais jovens e pequenas às mais antigas e grandiosas. Do ‘apê’ dos recém casados à casa grande do avô e da avó, ele está com tudo!

BR107

Outro espaço em que o “Brique 10” sempre faz bonito são as fachadas. Aqui, em projeto dos arquitetos Francisco Brito e Bruno César, o tom “Puro Carvão” aparece em edifício comercial na II Mostra de Arquitetura e Design de Arapiraca.