Loading...

Para se sentar bem – bancos e cadeiras

0 comments
ago 01 2016

Em uma cozinha toda moldada e acabada em concreto, até os elegantes banquinhos poderiam ter sido feitos no material.

Assim como os pufes, os bancos são ótimos auxiliares no design de interiores atual, seja ele de que categoria for. Muita gente ainda resiste um pouco ao seu uso em casa por pensar que são extremamente descontraídos ou desconfortáveis, o que não é uma verdade há muito tempo. Existem inúmeros modelos, formatos e tamanhos, sendo que alguns deles concorrem em estética, funcionalidade – e até em custo – com cadeiras e poltronas. Vamos ver alguns exemplos?

Com um ar um tanto sofisticado e bastante clássico, a opção foi a de usar boas cadeiras acompanhadas por um banco com encosto algo, fixado à parede e revestido com tecido para dar maior charme ao espaço de refeições.

A mini cozinha americana em um apartamento tipo estúdio ficou bem interessante com seu balcão para refeições servido por bancos altos elegantes em madeira com estofamento no assento em couro claro.

Em uma casa modesta, eles podem substituir todas as cadeiras necessárias na mesa de jantar se forem feitos em marcenaria simples, com estrutura interna, caprichada por almofadas tipo “zabuton” (tipo de futon para sentar-se) para torná-lo ainda mais confortável, como na imagem.

Em residências onde o espaço é muito escasso, eles auxiliam na criação de ambientes necessários como o balcão de refeições, arranjado entre sala e cozinha com meia parede revestida em madeira pintada em branco e tampo em tom natural.

Uma combinação possível, mas um tanto diferente: mesa redonda com banco reto em todo o canto (“em L”) e cadeiras completando a composição. Alguns chamam de “canto alemão”, mas é um arranjo interessante que pode ser adotado em qualquer lugar onde o mobiliário se harmonize.